Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stylista

especiarias


Cores de especiarias para fugir à rotina. As morenas devem ficar lindas com os safran sultan e ambre gingembre; eu no meu tom azul-arroxeado-de-frio vou testar os tons ricos poivre noir ou piment d'ailleurs. O meu coral-do-costume ainda pode esperar.


YSL Spicy Collection
Feuille D'Or para um acabamento mais exótico!

primavera



E quando ela finalmente chega, depois do nada (tão bom) pós-Natal, 
eis que o sol decide pirar-se. 

Há de voltar e há de se pirar outra vez; daqui até Junho ainda muito tira-meia-põe-meia vamos ter antes de chegarmos ao bem bom. São mais uns meses a olhar ansiosamente para a frente e ninguém me diga para voltar a considerar uma camisola de lã, porque sol ou frio, esse tempo para mim já passou!


Venha o sol.


fio de prata com banho de ouro e pendente andorinha
OMNIA

spring palette



É linda esta palete de cores Proenza para MAC; verniz nude, batom encarnado e um blush degradé - bege-para-cor de pêssego-para-coral - que dá frescura às caras pálidas da meia-estação. Outra grande descoberta, também MAC, é o corrector mineral - o meu é o NW20 - que comprei a semana passada e ainda não larguei. Excelente para pele seca; óptima cobertura e zero efeito lama com risquinhos de rugas.


Só não consigo mostrar melhor as cores desta palete Proenza Schouler porque o blogger está a distorcer-me os tons das imagens todas que uso. Se alguém tiver o mesmo problema e uma ideia de génio para resolver este assunto antes que eu acabe à chapada com o computador, por favor dê-me a mão e ajude-me a resolver isto! 

turismo na minha cidade




A tarde de sábado em segway no meio das cores, dos cheiros, dos graffitis, do movimento, do barulho e de uma multidão de pessoas nas esplanadas ao sol passou para uma dormida no ArtInn, jantar - sem pegar no carro! - na Taberna Moderna e um copo tardio no Lux.

Domingo foi acordar tarde e com muita fome, pegar no carro em direcção ao Myriad no Parque das Nações para um brunch-banquete e passar a respirar todo um mundo novo, igualmente espectacular ( o fim-de-semana todo aos uau's e ahhhhh's).

Há uma redução de cores para azul-rio e branco-arquitectónico com a ponte Vasco da Gama de um lado, a decoração ultra-moderna do Hotel à nossa volta e o teleférico a funcionar do outro lado. Não há um som. As famílias deslizam de bicicleta enquanto no brunch uma série de não-hóspedes locais como eu se delicia com ostras, sushi e tudo o que se possa imaginar.

 

Já andava há anos para fazer este número do 'turista em Lisboa' e agora só me apetece repetir mais vezes em novas rotas e outras paragens. Esta cidade está cada vez melhor! Muito orgulho.




primavera a caminho



A colecção de Primavera da Chicco está um AMOR! 

Já só me apetece trocar as cores escuras do armário do Manel por estas cores clarinhas, encostar os ténis, enfiar-lhe uns mocassins pintarolas e arranjar uma miúda emprestada a quem possa oferecer de presente estes vestidos e tops tão queridos.


Tenho que ir à loja ver tudo melhor, rapidamente.


deslizar pelas colinas de lisboa


Este foi o fim-de-semana de 'ser turista em Lisboa'! 

Sol, esplanadas cheias de gente, animação, a cidade a vibrar e a confirmação de que dois dias não chegam para conhecer ou revisitar nem metade do que queria.

Começámos com um tour de segway que facilitou bastante o problema 'tanto para ver e tão pouco tempo'. Em 3 horas aprendemos umas dicas no Terreiro do Paço, passámos por Alfama - uma loucura passar de segway naquelas ruas estreitinhas! -  fomos ao Miradouro da Graça, à Sé - parámos ali perto para beber uma ginginha e ver alguns produtos típicos, um clássico! - fomos ao Miradouro das Portas do Sol, passámos na Praça da Figueira, no Rossio, subimos o Chiado - um autêntico mar de gente onde pensei que nunca íamos conseguir passar - fomos ao Bairro Alto, ao Adamastor, ao Miradouro de São Pedro de Alcântara e de novo de volta para a Rua Augusta a caminho do ArtInn Lisboa, o boutique Hotel onde ficámos a dormir.

Foi incrível esta experiência de passar rápido por todos os bairros, parar para fazermos o que quiséssemos e seguir sempre em modo deslize, com um ventinho maravilhoso na cara. É turismo activo e com emoção - andámos mesmo no meio dos carros e digo-vos os rails dos eléctricos podem subir o nível do desafio - ainda assim foi sem dúvida a maneira mais divertida de explorar os pontos fortes da cidade. 

A equipa da MovingFree é super descontraída e ao mesmo tempo atenta a toda a ajuda que possamos precisar. Não são uns chatos controladores - muito longe disso! - puxam por nós e vão fazendo o enquadramento histórico das diferentes zonas da cidade.

Adorei este começo de fim-de-semana! O resto conto depois :)

Vamos trabalhar. Boa semana!

(Adidas Boost)

A MovingFree no Facebook - espreitem!

night out




O uniforme para um jantar ou beber um copo é mais ou menos igual ao do dia: jeans e t-shirt.

Acessórios e maquilhagem fazem o resto sem esforço e sem comprometer o propósito, isto é, a descontracção.


Shirt-jacket em transparência plissada Twin-Set (estação passada) ⎪ top Zara ⎪ clutch Parfois
essência aromática Bottega Veneta ⎪ batom MAC flair for finery