Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stylista

31 semanas!








Acho que chegou oficialmente a altura de começar a pensar numa listinha de essenciais para bebé, acabar o quarto de uma vez por todas, tratar de pôr roupas a lavar e assumir que estamos cada vez mais perto :)

A minha médica não me deixa passar muito tempo deitada de barriga para cima - que eu adoro, não sei dormir ou estar no sofá de outra maneira! - de modo que ando aqui a dormir um bocado mal. 

Tirando isso - e pontapés furiosos - está tudo, por enquanto, super tranquilo.

Com este vestido justo de hoje fica uma dica - nada sexy! - para apagar a linha das cuecas (não há pior do que roupa justa que deixa ver a marca da roupa interior, não há pior mesmo!). O truque para mim é: lingerie modeladora. Calções, mesmo! 

Costumo usar muito com roupa justa ou muito clara. Body-con dresses como este, calças em linho brancas (dantes fugia delas!), vestidos de tons claros em algodão. É a única maneira de conseguir usar estas roupas sem me sentir completamente exposta.

Fica a sugestão ;)

vestido H&M • botins e casaco Uterque
pulseira larga Vintage Bazaar • pulseiras fininhas mmi


Instagram @stylista_mg

mix and mismatch



Vontade de trocar de pele! De que chegue o sol (com calor)! De largar o preto e o branco - só um dia, vá - de misturar estampados africanos, de poder usar estes shorts e top da Zara (não vai acontecer) e de experimentar estes óculos redondos, enormes e dourados da Bershka.

Se tudo ficar pelo imaginário, pelo menos as Josefinas podem ser uma realidade :)

Instagram @stylista_mg

fertilidade



Tema sensível e assunto muito sério. Nunca me apercebi da gravidade desta situação até começar a ter algumas amigas com dificuldade em engravidar. Já tinha ouvido - quando vivia em NY - algumas mulheres (nos seus 30 anos) falarem em congelar óvulos para usar no futuro; quando lhes apetecesse, quando estivessem onde queriam em termos de carreira, quando conhecessem 'o tal'. 

Pensava 'estas miúdas são muito à frente', mas elas é que sabiam. Estavam a ser racionais e pragmáticas. Tinham os planos bem definidos: curtir, carreira, família (e não há nada de errado nesta ordem, são os nossos tempos); estavam informadas sobre a dificuldade de engravidar com os nossos próprios óvulos a partir de uma certa idade e, conheciam as suas opções para facilitar o processo depois dos 30-35. Estavam a agir de forma consciente, alinhada com este nosso novo lifestyle.

Eu - e assumo que não seja a única - achava: se a Halle Berry e a Nicole Kidman conseguem aos 40-e-tal é porque é na maior, e há muito tempo para pensar nisso. 

Percebi há pouco tempo que não é bem assim e que as clínicas de fertilidade assistem cada vez mais a casos de 'fui adiando e agora é uma dor ter que passar por este processo' juntamente com 'se eu soubesse tinha-me precavido/antecipado/informado' - além de que essas celebridades que dão esta ideia de fertilidade eterna conseguem-no na maior parte das vezes com a ajuda de óvulos mais novos de outras mulheres. 

(estou a acompanhar uma pessoa neste processo e por isso sei mais do que sabia há uns meses atrás sobre o assunto)


Não sou o tipo de pessoa que anda atrás das outras a dizer 'tem cuidado, pensa nisto, olha lá, vê lá bem' - acho que a partir de certa idade cada um sabe de si! - mas em relação a este cenário (porque vejo a maternidade como uma coisa tão boa) pensei que era importante dar uns beliscões - não de 'despacha-te já com isso!' mas mais de 'pensa por favor 5 minutos nisto' - a algumas amigas com mais ou menos a minha idade. 

Sei que o normal é ir-se adiando (há tanta coisa boa para viver!) e outras vezes a vontade até é muita mas, por si só, não é suficiente. É preciso ter algumas condições mínimas - financeiras, românticas ou físicas. Ter consciência da dificuldade a partir de certa idade (35) e pensar 5 minutos no assunto - para poder fazer um plano de acção ou contingência - já é uma decisão muito importante para o futuro a curto-médio prazo.

Eu tenho andado por aqui - com essa pessoa que acompanho - e gosto muito da equipa; sinto que os médicos são honestos e directos ao assunto, sem rodeios, floreados ou falsas esperanças. 

Se alguma de vocês tiver alguma dúvida sobre este tema - ou estiver a tentar engravidar mas sem sucesso - pode telefonar ou enviar um email à Dra. Ana Pereira, todas as 4as feiras entre as 10.30 e as 13.30 (vejam mais aqui). Acho que este contacto - anónimo ou não - é mais fácil do que marcar uma consulta e mais proveitoso do que andar na net a fazer pesquisas. É de graça, e a Dra. Ana é uma simpatia :)


Desculpem hoje passar de compras para este tema,
 mas acho importante partilharmos esta mensagem.

Amanhã voltam os assuntos do costume :)

giveaway



O livro Castelos para Desenhar foi feito para grandes pequenos-artistas!

Tem 71 páginas de actividades variadas para usar e abusar de canetas, lápis de cera, aguarelas, cola, tesoura, marcadores, lápis de cor - o que se quiser! - 250 autolocolantes e ainda, uma super espada de guerreiro! É entretenimento garantido para a rapaziada, durante uns bons dias ou mesmo semanas.


Neste giveaway oferecemos 10 exemplares!

Só têm que deixar o vosso email em comentário a este post e daqui a uma semana, dia 28 de Abril, a Zero a Oito escolherá aleatoriamente 10 contactos que receberão o livro em casa, via CTT.

Boa sorte :)

summer market stylista



A partir de hoje começo a falar no
SUMMER MARKET STYLISTA!

30 e 31 de Maio
entre as 10 e as 19 horas
no recinto da Feira do Artesanato do Estoril
(em frente ao Centro de Congressos do Estoril).

Até lá vou apresentar-vos muitas marcas novas que lá vão estar
e colecções fresquinhas das minhas marcas nacionais preferidas!

Acompanhem também no 
Instagram em @stylista_mg
e aqui.