Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stylista

hoje

 

 

casaco e sweatshirt H&M Studio Spring Summer 2016

calças de algodão Uterque (já antigas) • slip-on's Vans

 

H&M Studio SS16

aconselho comprar online!

 

A loja do Chiado ficou despida em muito pouco tempo :)

 

(eu consegui as calças que queria!

...mas já perdi o top)

 

 

 

Instagram @stylista_mg

 

 

 

J. Lisbon #1

  

 

E arranca hoje, conforme prometido, o primeiro Post da rubrica J. LISBON,

em colaboração com o Zé Cabral - aka, O Alfaiate Lisboeta.

 

 

Vamos começar pela base. Pelos básicos. Para mim são tudo e são também sem dúvida um excelente ponto de partida; um bom começo para esta nossa conversa.

 

 

Já lá vai o tempo das t-shirts de gola subida e apertada à volta do pescoço, já lá vai o tempo do algodão de 200 gramas, das t-shirts quase estruturadas. A peça mais fácil - para qualquer sexo e idade - quer-se leve e com os detalhes certos que conferem 'aquele' cool sem esforço. Manga pouco armada, gola ligeiramente descida para maior conforto, etiqueta inexistente (não há pior do que uma etiqueta incómoda numa malha suave) e, no caso das t-shirts +351, o pormenor de design no bolso com gravação 'designed in lisbon' (adoro!), o ligeiro enrolar da malha nas extremidades e a abertura nas costuras laterais para evitar um fitting muito 'quadrado'.

 

Além de todos estes atributos, a categoria de t-shirts do J. LISBON tem as melhores malhas e - para mim o argumento TOP - uma oferta de novos-neutros impressionante! Adoro estas cores 'sem nome', estes tons pedra, asfalto, céu, cal - sei lá - estes brancos e beges e verdes secos, ou castanhos claros, estes azuis diferentes, este preto leve.

 

 

Uma coisa é um trapo que vestimos para pintar a casa ou jogar uma futebolada com a malta. Que podemos até usar em Bali ou Banguecoque, na despedida de solteiro do mais louco dos nossos amigos. Outra é uma t-shirt. Uma t-shirt à séria. Aquela com a qual nos queremos sentir leves e frescos. Uma peça simples, cómoda e bonita, que pode perfeitamente servir de alternativa à mais bonita das camisas. Foram 'essas t-shirts' que tratei de encontrar para o J. LISBON.

 

(Zé Cabral, O Alfaiate Lisboeta)

 

 

O tipo de t-shirt que posso oferecer cá em casa

sem correr o risco de levar com esquisitices :)

 

Vocês o que acham?

 

A categoria de t-shirts do J. LISBON pode ser vista

aqui.

 

Espero que tenham gostado; esta rubrica volta na última 5ª feira do próximo mês com mais um básico imprescindível ou outra peça de roupa masculina menos explorada e igualmente interessante. Até lá!