Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stylista

Oi Baixinhas!

 

 

 

 

( este título faz-me lembrar a Xuxa - cantora brasileira - nos anos 80!

Lembram-se?! Eu era fã!)

 

 

 

 

 

Cá estou com o Post 

dedicado às baixinhas!

 

 

 

 

 

Baixinhas (ou todas as mulheres!), vou-vos dar algumas dicas que vos podem dar uma ilusão visual de altura - ou de figura mais alongada - mas não se prendam nesta conversa; pensem no super estilo de figuras como as gémeas Olsen e a Miroslava Duma, em que a estatura delas nunca as impediu de usarem o que queriam. O que interessa é conforto e atitude; o resto é são regras que servem apenas para nos simplificar a vida e tornar tudo isto - de vestir rápido e bem de manhã - mais fácil. 

 

Dito isto, vamos lá!

 

Quem quer parecer mais alta deve pensar, no momento em que se está a vestir, que tem que tentar encontrar uma silhueta tubular. Noutras palavras, quando nos olhamos ao espelho a mancha de cor que cobre o nosso corpo tem que parecer um tubo (ao alto). Como é que podemos fazer isso?! Aqui vai:

 

 

  • Uma boa forma de parecer mais esguia é usar a mesma cor da cabeça aos pés (uma fórmula que adoro). Lembrem-se no entanto que, as cores mais escuras tornam a figura mais esguia e longa, as mais claras - como o branco ou bege - acrescentam volume. Para não se ficarem num look black total experimentem azul escuro, cinza carvão ou verde escuro (verde jaguar). Se não quiserem vestir a mesma cor da cabeça aos pés, usem escuro nas partes de baixo e tons luminosos na parte de cima (foquem a atenção no topo!).
  • As baixinhas não se devem tapar demasiado: mostrar um pouco de pele (ou muita!) é imprescindível - dentro dos limites do bom senso e da decência, claro! Mostrem um pouco de pele nos braços (mesmo que usem camisolas tentem que tenham uma manga a 3/4), mostrem um pouco de pele no pescoço e decote (sem exageros, claro! mas a sério, evitem golas altas) e se estiver calor, mostrem bem a pernoca :) Muita roupa a tapar cria uma mancha de cor pesada - e larga - que não contribui para este efeito 'tubo' que procuramos. 
  • Usem sempre - independentemente do vosso peso - roupa bem cortada e estruturada! Casacos cintados, blazers, mais femininos, calças com pinças, calças skinny, t-shirts ligeiramente cintadas, camisas cintadas, camisolas cintadas, etc. Cintado não quer dizer justo; quer dizer só que as roupas estão 'desenhadas' e têm uma forma marcada que dá um ar composto, estruturado, firme e arranjado. T-shirts muito largas, camisolões XXL ou calças jogging vão 'engolir-vos' :) Lembrem-se de ter sempre uma costura nos ombros - em todas as roupas que usam - no sítio certo. Não usem roupas grandes demais para o vosso tamanho.
  • Quando o que se pretende é um efeito tubular, está fora de questão usar volumes! Nada de saias rodadas, nada de calças largas, nada de culottes, nada de mangas exageradas, nada de folhos ou elementos decorativos volumétricos. O ideal é usar roupa a direito mas... não queremos parecer um tubo, por isso, toca a marcar bem a cintura! Queremos um resultado alongado mas feminino, e isso consegue-se com cortes estruturados e cinturas bem visíveis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Calças e saias

As mulheres baixinhas ficam favorecidas com calças e saias de cintura média, em que, a t-shirt ou camisa é usada sempre por dentro. É uma excelente forma de marcar a cintura (numa linha média ou alta), de conferir um efeito longo e de ter sempre um ar arranjado. As saias querem-se curtas - para quem gostar - ou pelo menos, acima do joelho. Já as calças querem-se estreitas (afuniladas ou a direito) e compridas; se forem usadas com botins, estes devem ser da mesma cor e não se deve ver o tornozelo; botins e calças devem formar uma linha comprida que dá a ilusão de perna que nunca mais acaba. Para se conseguir esse efeito com saias, o ideal é usar sapatos da mesma cor das pernas; se as pernas estiverem nuas, os sapatos de cor nude são perfeitos!

 

T-shirts e Camisas

Evitem mangas muito largas, golas muito altas/fechadas/apertadas e roupa sem forma. Uma camisa com alguma estrutura (não tem que ser justinha) vai sempre favorecer mais.

 

Casacos e jaquetas

Sempre cintados e sempre curtos! Pela cintura, pela anca, ou no limite a 3/4. O corte deve ser simples, estruturado e esguio sem grandes elementos decorativos. Evitem lapelas muito largas ou cintos muito largos em cima dos casacos.

 

Acessórios

Os acessórios podem ser mais delicados - fios finos, brincos discretos - ou um pouco mais vistosos mas usados isoladamente, por exemplo: uns grandes brincos. De volta ao efeito tubular: se a ideia é criar a ilusão de tubo, não usem muitos acessórios 'laterais', ou seja, pulseiras vistosas nos braços. Usem em vez disso uns brincos - longos e compridos - ou um fio também longo e comprido.

 

Carteiras

Evitem carteiras muito grande ou usadas a tiracolo. Eu sou fã de carteiras pequeninas com alças finas que se possam pendurar apenas num ombro. Isso ou uma clutch para levar na mão.

 

Sapatos

Tentem que os sapatos sejam da mesma cor das calças, collants ou pernas, para um efeito 'perna comprida'. Se puderem, usem sempre um pouco de salto. Ajuda sempre! Nas sandálias as tiras devem ser fininhas e, quantas menos, melhor. 

 

 

 

 

 

 

 

 

E pronto! Cá ficam algumas dicas, parece uma fórmula 'sem graça' mas ... é muito a minha! Adoro este registo e acho que funciona sempre bem; é fácil, cómodo e pode resultar de forma mais cool ou tendência conforme os acessórios usados. 

 

 

 

 

Espero ter ajudado e que tenham gostado das sugestões :)))

 

 

*devo ter-me esquecido de algumas coisas

mas já fica algo para digerir.

 

 

 

54 comentários

Comentar post

Pág. 1/4