Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stylista

second home

 

 

(e agora para algo completamente diferente

do registo preto e branco dos últimos Posts!)

 

 

 

Fui - precisamente há uma semana - conhecer o Second Home. Já tinha ouvido falar deste conceito/marca em Londres, já tinha ouvido falar sobre a sua declinação para Lisboa, já tinha ido à festa de pré-inauguração durante o Web Summit e agora, fui conhecer o espaço já a funcionar em pleno!

 

O Second Home é muito mais do que um espaço de co-work. Sim, é um sítio para ir trabalhar (com mesa fixa ou só para de vez em quando) mas as presenças são escolhidas a dedo - entre várias áreas diferentes - por forma a promover sinergias e colaborações entre as empresas que ali estão. 

 

O espaço em Lisboa (no Mercado da Ribeira | Time Out) é LINDO, cheio de vegetação e toques de decoração fantásticos e, apesar de já estarem cerca de 200 pessoas a trabalhar neste open space, não se ouve barulho nenhum! É impressionante o que o design e as plantas fazem. Parece que as pessoas ficam escondidas no seu habitat onde podem trabalhar com a maior privacidade e depois têm a oportunidade de conhecer os outros membros na zona de café, no fantástico lobby ou no maravilhoso Bar! Há salas de reuniões, há uma biblioteca, há imensos recantos para reuniões informais, há umas tostas de pêra abacate óptimas (entre outras coisas!) e há também balneários para quem quiser vir de bicicleta (ou do ginásio) e tomar um banho rápido :)

 

Estar lá dentro faz-nos sentir que pertencemos a um club muito especial, e o facto de estar sediado no Mercado da Ribeira é ultra-conveniente; quem não quiser comer qualquer coisa rápida no Bar tem mil opções no Mercado, e além disso, pode sempre (como fez uma amiga minha há duas semanas), sair do Second Home, jantar no Pap'Açorda e ainda ir beber um copo ao Rive Rouge. (se juntarmos a isso um pequeno-almoço no mercado) É Full Circle debaixo do mesmo tecto!

 

O Second Home promove pausas maravilhosas - que são oportunidades de interacção - como aulas de Yoga, programas de Surf, apresentações, concertos, workshops de arranjos florais, etc - e tem o hábito de promover às 6as feiras, um fim de dia com bebidas e conversa no Bar.

 

No interior do Second Home ouve-se muito falar Inglês (até os empregados do Bar) e quem lá trabalha tem a sorte de estar num ambiente maravilhoso que não se imagina existir ali dentro. Fiquei cheia de vontade de me juntar a este grupo de criadores e empresários (ainda que a localização fique um bocadinho fora de rota para mim).

 

 

 

Trabalhar assim deve ser UM ENORME PRAZER!

 

 

 

Saibam mais sobre o Second Home aqui e vejam a reportagem fotográfica completa aqui.

 

 

 

 

 

trench curto e blusa Massimo Dutti • calças e botins dos saldos da Zara 

carteira Massimo Dutti edição limitada

 

 

Obrigada Second Home pela maravilhosa visita!

 

 

 

 

 

Instagram @stylista_mg

 

 

Fotografia

Gonçalo M Catarino

 

 

 

7 comentários

Comentar post