Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Stylista

tendência: the dad shoe

 

 

Apareceu no Verão do ano passado e esta estação implementou-se de vez; a tendência 'dad shoe', estes ténis gordos, grandes e insuflados, vindos directamente dos anos 90.

 

Gosto muito de ver em algumas mulheres (e homens) mas é claramente uma tendência que não é para mim.

 

 

Vocês o que me dizem?

 

 

 

 

Estas são imagens de street style vistas em Paris durante os desfiles de homem, 

mas as mulheres também estão a aderir em força (lá fora e em Portugal).

 

 

 

 

 

Instagram @stylista_mg

 

 

 

trend forecast | spring'18

 

 

Bom dia!

 

Ontem não consegui passar por cá - porque está tudo 'de molho' nesta casa - mas hoje estou de volta, como combinado a semana passada, para vos falar das tendências desta Primavera. 

 

 

... e que tendências!!!

(wait for it)

 

 

Preciso que vocês me ajudem e me belisquem porque eu sou capaz de não estar a ver isto bem. Muitas silhuetas incríveis, muitas colecções de sonho, muitas roupas e acessórios que adoro e, definitivamente, uma forte vibração de nova estação que promete! Estão a caminho coisas muito giras, e - longe de mim resistir a sair do 'quadradinho' da Primavera - mas...

 

 

Vejo casacos de chuva (lindos), vejo veludo, vejo uma série de botas (no Inverno usam-se as sandálias e no Verão as botas, é isso?), vejo brilhos com fartura, muitos metais, cabedal com mood party-animal-glam-rock, plástico, boinas, muita ganga e muitos - mesmo muitos - casacos.

 

 

Não estou a falar de colecções resort - saltei directamente para a Primavera - e esta ainda é uma primeira abordagem muito superficial; lá para Março devo conseguir fazer uma previsão mais realista, mas (outra vez)...

 

 

 

 

Onde estão as flores?

(isto sim é groundbreaking)

Onde está o branco?

Onde está o linho? 

Onde estão os vestidos leves e as cores suaves?

 

 

 

 

Primavera, és mesmo tu?!!!

 

 

Estas minhas perguntas são completamente retóricas; já não é novidade que as estações - também na moda - estão do avesso, e claro que é refrescante - e previsível - variar de fórmula. Estou só surpreendida porque todas as marcas/designers parecem estar alinhadas nesta Primavera-que-mais-parece-Holiday.

 

Sei que nós - we, the people - vamos resistir de certa forma e continuar fiéis a muitos dos nossos staples de Verão, e que a influência de rua & redes vai dar outra luz ao que aqui se vê; de qualquer forma, caríssimos, isto é Primavera 2018.

 

 

Vamos lá!

 

 

Shine on.

Não guardem já a roupa do Natal e da passagem de ano que ainda pode vir a dar jeito. Adapta-la às noites de Verão?! Gosto da ideia :) A tendência é usar o multi-brilho em várias tonalidades (cobre, prata, antracite, dourado, bronze) com predominância de prateado.

 

 

 

Party Animal

Preto, muito cabedal e muitas aplicações, o mood é de festa da pesada - não há cá sunsets em vestidos esvoaçantes - em glam rock total. O preto parece ter mais força esta estação do que o branco, e os materiais são tudo menos leves.

 

 

Outter Space

Bom, já tínhamos tido a ganga da cabeça aos pés (e continuamos), o leopardo da cabeça aos pés, recentemente o encarnado da cabeça aos pés e agora - é isso - é um banho de ouro ou prata, também integral. Os metais estão sem duvida em tendência; quanto mais brilhantes, melhor!

 

 

 

 

 Plastic (not) Fantastic

Plástico?!!! A sério, plástico?!! Vá, não me caiam já em cima; eu sei que não sou a rainha da moral, mas plástico?! Numa altura em que não se fala noutra coisa a não ser na poluição dos oceanos, aquecimento global, lixo que se acumula e não se transforma. Plástico?!

 

Em Valentino, em Chanel e em Balmain o plástico está em grande. Mais tarde ou mais cedo, numa série de lojas perto de nós. Ambiente à parte, não gosto do efeito, do calor e do desconforto deste material. 

 

 

Abre parêntesis.

 

(por falar nisso, têm visto o documentário 2077 - 10 segundos para o futuro

na RTP 1?! É impressionante)

 

Fecha parêntesis.

 

 

 

The New Cowboy

Botas de cowboy, gangas e outros elementos de inspiração western voltam a entrar em cena pela mão de Raf Simons em Calvin Klein. Há uma vibração retro e há também uma série de apontamentos (e materiais) mais chic que tornam esta tão revisitada temática mais interessante.

 

 

Rain Check

Casacos não faltam nas colecções de Primavera e a maior parte deles, de chuva. Eu ADORO as parkas ao estilo Valentino (centro), cheias de bolsos, cores e camadas.

 

 

 

Mais coisas.

 

Há uma série de marcas/designers que serão tendência independentemente do que apresentarem (crocs com plataformas e aplicações anyone?!) como é o caso de Balenciaga, Dior, Calvin Klein, Céline (principalmente por ter sido a ultima estação de Phoebe Philo), Stella, Valentino, Isabel Marant (sempre), Chloé (menos), Dolce & Gabanna, etc. Estas marcas criam statements - e isso é diferente de tendência porque serão os únicos a desenvolver uma certa temática - mas ainda assim são material forte de inspiração que chegará seguramente às lojas mainstream. Outro indicador forte de tendência é o street style que, para esta estação, arranca já no final de Janeiro na New York Fashion Week e onde, durante um mês, os mulherões do costume nos vão mostrar 'como é que se faz'. 

 

 

 

Só quando misturarmos desfiles + street style + we the people (o que o nós queremos; visto na rua e nas redes sociais) é que vamos perceber o que se vai usar na Primavera e no Verão. Esta foi uma primeira abordagem superficial, ao longo dos próximos meses logo tiramos novamente a temperatura.

 

 

 

Em geral - e como vos disse no ínicio - isto é só um começo de conversa que ainda precisa de ser afinado e adaptado:

 

  • as saias continuam largas, leves, fluidas e pelo tornozelo
  • as calças continuam a direito ou flare, e acima do tornozelo
  • as cinturas continuam subidas
  • os casacos continuam XXL e a fazer grandes statements
  • botas largas e botins estilo cowboy são um must-have
  • os chapéus em alta são os panamás XXL (e ainda as boinas)
  • o tule continua a ser um material muito presente
  • os brilhos e os elementos decorativos estão em alta
  • os ténis 'gordos' dos anos 90 entram oficialmente em cena
  • os óculos de sol são cada vez mais estreitos e mais cat-eye (adoro)

 

 

 

 

O futuro é definitivamente brilhante

só não é previsível e isso pode ser bom :)

 

 

 

 

 

Pensamentos?!

 

 

 

 

 

nova silhueta

 

 

Uma das novas silhuetas.

(do skinny total para o XL total)

 

 

Camisas e casacos XXL, blusões curtos, calças curtas e largas, saias plissadas, botins de salto médio ou ténis e, nestas imagens, tons outonais combinados na perfeição.

 

 

Conforto, descontracção e uma sensação de 'ninho'.

 

Eu gosto.

 

 

 

o que aí vem | fall'17

 

 

Vamos lá então falar sobre tendências fresquinhas!

 

Confesso que este Post não foi muito fácil. Durante o Verão fiz o meu scan habitual de revistas e sites, e já estava mais ou menos por dentro do que por aí vem. De qualquer forma a minha reacção - e não sei se não é sempre a mesma cada vez que chega o Outono - era 'pronto, é desta, não vou comprar nada durante meses, acho tudo medonho, vou continuar abraçadinha aos meus básicos e deixar que este desfile de silhuetas bizarras e provocações estilísticas passe'. A sério, a cada desfile a sobrancelha levantava com incredulidade; 'isto está mesmo a acontecer? e depois vamos mesmo achar isto giro? isto vai pegar?' 

 

O meu Post sobre tendências seria uma espécie de: Olá a todas, bem sei que o Stylista é um Blog sobre compras mas... durante os próximos meses não recomendo compras nenhumas. Recomendo que continuem a investir no vosso estilo pessoal e que continuem a usar muito o que já têm no vosso armário. Aliás, a mensagem-base aqui no Blog sempre foi essa: mais construção lenta de estilo do que pica-tendências acelerado. Fã de básicos para sempre!

 

Dito isto...

 

Dos desfiles e das revistas - onde é normal que as imagens sejam mais conceptuais do que comerciais, e por isso menos fáceis de relacionar com a nossa realidade - para as lojas, as coisas levam sempre umas alterações e, com esse polimento + alguma habituação, conseguimos sempre encontrar novidades que até nos piscam o olho. (certo?!) No meio de muita tendência doida há também muita construção incrível, e no meio de muita tendência doida há algumas adaptações - feitas pelas lojas mais mainstream - que são bastante interessantes.

 

 

 

 

Tendências FW'17 

 

 

Esperem ver em loja, nas revistas e numa série de imagens de Instagram (já na próxima Fashion Week?!) nos próximos meses, as seguintes tendências: kitten heels, encarnado, botas tropa, botas over-knees bem vistosas, um toque western, estampados florais, plumas, botins-meia, estilo militar-rock, carteiras de pendurar no pulso (wristlets), inspiração 'caça à inglesa', tweed estilo Chanel, tweed estilo Queen-Elisabeth-no-campo, estampados geométricos retro, saias abaixo do joelho (e curtas e médias e largas e justas - a saia está de volta!), pêlo de cordeiro (em casacos), pêlo sintético colorido, boinas, casacos de nylon, bombazine (por todo o lado!), transparências, retro-futurismo estilo Paco Rabanne, roupa com frases, maquilhagem quase invisível, estilo inspirado em corridas de mota, maximalismo e mistura de tudo o que se quiser, a combinação red/pink em tons mais fortes ou mais suaves, a era vitoriana e muito mais dos anos 90!

 

 

Vale (quase) tudo! 

 

 

Dentro destas tendências escolhi algumas que me parecem mais interessantes e que estão presentes de forma mais forte em loja; ou seja, são as que prometem ter maior visibilidade. É portanto mais ou menos isto que vamos ver para já com mais destaque.

 

 

 

Red Hot

 

O encarnado e o rosa já cá andam há um tempo e não me parece que vão desaparecer tão cedo. Neste Outono, o rosa vai descer um degrau e este hot red passa a ser A COR DA ESTAÇÃO. Vai ser fácil de encontrar em acessórios - principalmente sapatos! - e também em sobretudos e camisolões. Um casacão encarnado para o inverno?! Parece-me bem giro. O unico 'senão' é que não adoro ver esta cor com preto - prefiro ver com bege, branco sujo, rosa velho ou azul escuro - e sendo o meu armário de inverno 99,9% preto fica difícil. De qualquer forma é uma tendência - para mim - muito convidativa e fácil de considerar.

 

 

 

Whole lotta Fur

 

Vem para aí pêlo que nunca mais acaba - sintético na maior parte - em grande formato, silhuetas oversized e cores bem fortes! Há detalhes - golas, sapatos, carteiras, punhos, chapéus - e há também casacões enormes que só apetece apertar! (como é o caso do que estou a vestir na imagem de cima). É uma sensação óptima esta de estar confortavelmente aninhada neste monte de textura, que nos faz sentir poderosas, vistosas e... quentinhas! Vamos ver o que vem parar às lojas; até agora este da H&M (que tenho vestido) é o mais bem feito/encorpado/suave que já vi. 

 

 

 

A Rainha vai à Caça

 

Não adoro roupa campestre e não há nada a fazer (a não ser no campo, claro, aí que venha a manta e o camisolão). Para o dia-a-dia confesso que não me identifico nem com os materiais, nem com as cores, nem com os tweeds e xadrez. Este Outono o campo está em grande, mas as colecções que o trouxeram de volta - Stella McCartney e Loewe por exemplo - deram uma bela refrescada a esta inspiração! Esperem ver saias, camisas, casacos e até acessórios com este tweed inglês e inspiração de caça. Tudo muda quando a interpretação não é literal ou aborrecida;: o truque é sem duvida dar a atitude e energia certa às peças através de combinações e cortes originais. 

 

 

 

90's leather

 

 

Há duas certezas no Outono (no que diz respeito a tendências): uma é que haverá sempre preto, e a outra é que haverá sempre cabedal. Não há inverno sem isto! Esta estação a inspiração para usar pele - em preto - vem dos anos 90. pensem em boinas, em blusões com mangas que quase fazem balão, em casacos curtos ou muito compridos, em golas grandes, em estilos mais largos, e combinem - claro! - com grandes brincos statement dourados - mais geométricos e compridos ou simplesmente argolas. As calças de pele com pinças também vão andar à espreita e são muito apetecíveis. 

 

 

Shoe'd we?

 

Em termos de sapatos esta estação temos: kitten heels (este salto pequenino e estreito que não é muito fácil de equilibrar), a bota-meia (já as vimos nos anos 90, lembram-se? com tacões mais largos?), o botinZÃO com uma grande sola e geralmente de biqueira muito redonda ou quadrada.

 

 

Sobre sapatos confesso que não sei o vos diga, ainda preciso de tempo para digerir.

 

 

Vocês o que acham? Muito feio? Muito giro?

Tão feio que é giro?

 

 

 

Ainda há muito MUITO mais, mas por enquanto ficam apresentadas as linhas mais fortes. Como podem ver, por mais difícil que pareça à partida, há sempre potencial para encontrar uma ou outra peça mais divertida que traga uma nova vida ao que já temos. Vamos deixar estas tendências em banho-Maria até Outubro, e nessa altura volto com sugestões mais práticas (e terrenas!) de utilização. Até lá, continuamos com a transição (de estilo) férias-para-trabalho, calor-para-fresquinho :)

 

 

 

Foi uma introdução ainda breve mas

espero que tenham gostado!

 

 

 

Casaco de pêlo (em breve em loja) H&Mbotins Zara

 

 

Fotografia

Gonçalo M Catarino

 

 

Obrigada Palácio Chiado!

 

 

 

 

 

 

trend: Athluxury

 

 

 

 

 

Ora bem! Vou assumir - mesmo sem ter contado - que desta vez ganhou a tendência Athluxury, e fica anotada a vossa vontade em ver as melhores tendências para as mulheres baixinhas :) (e para os sapatos!)

 

Assumi o Athluxury porque é a tendência mais vista EM TODO O LADO - pensem na colecção Studio da H&M, nesta nova linha da Zara, em Hermès, em Stella, em Lacoste, nas super colaborações de luxo da Adidas, etc - e porque é a mais convidativa em termos de conforto.

 

Começámos no Ahtleisure - que era basicamente ir à Adidas (ou outra loja de desporto) comprar ténis para usar no dia-a-dia - e como nunca mais largámos os adorados ténis (tão amigos da calçada e da correria dos dias), a tendência evoluiu esta estação para o Athluxury, que se estende do calçado à roupa, e consiste em usar este registo com cortes mais sofisticados, cores mais suaves e, preferencialmente, materiais nobres!

 

Se querem que vos diga, o que diferencia a primeira da segunda é - na minha humilde opinião - a palette de cores! Enquanto a primeira tendência tinha muitas cores vivas (como a maior parte das linhas de activewear/desporto), esta segunda - a puxar para o feeling de luxo - vai mais para os rosas velhos, o toupeira, o preto e o off-white.

 

Athluxury pode ser simplesmente usar ténis de 1.000€, sweatshirts de 500€ e polos de 200€ (com o melhor design e os melhores materiais) ou então, na sua declinação-tendência, pode representar uma vibração muito clean, sofisticada e desportiva. Tudo o que se quer!

 

A tendência Athluxury é inspirada esta estação em equipamentos de ballet, esgrima e pára-quedismo (os macacos e os casacões em nylon muito fino e 'esvoaçante') e é facilmente reconhecida pelas suas linhas minimalistas em tons de 'pó' (não fui que inventei o nome, ahaha!). Este 'pó' pode ser cinza, branco, rosa ou bege.

 

Eu adoro a imagem de Athluxury mas acho-a muito difícil!

 

É fácil gostar de peças desportivas, é difícil separar-las e articula-las com outras mais elegantes. É difícil admitir que um look desportivo não tem necessariamente que inlcuir um par de ténis, e é difícil equilibrar e refinar estas peças para não se parecer demasiado casual.

 

 

Estou a trabalhar numas sugestões de looks para vos sugerir

- desculpem, demoro muuuuuito tempo nisto -

e espero publica-los amanhã!

 

 

Até lá fica este exemplo :)

 

 

macaco e saco Zara • ténis Common Projects

brincos Net-a-Porter

 

 

 

 

como usar: paper bag pants

 

 

 

 

Como vos disse ontem, as calças 'estão a ter um momento' nas tendências desta e das últimas estações (e próximas, seguramente!). Há vários feitios mas na linha da frente estão as calças de cintura subida, preferencialmente curtas e um pouco largas nas pernas.

 

Em linha com esta tendência - achava eu que as culottes não estavam para ficar, ah! - aparece esta Primavera a tendência Paper Bag Pants que, como o nome indica, se refere a um modelo de calças que parece um saco de papel apertado no topo. São calças de cintura MUITO subida - umas mais justas do que outras e outras mais curtas que outras - que são SUPER apertadas na cintura com um grande nó, cinto, elástico ou uns atilhos desportivos.

 

 

Não é um modelo fácil.

 

 

Não é mesmo. Mas se Stella McCartney e Isabel Marant o estão a pôr no mapa das tendências, preparem-se para ver um milhão de interpretações desta tendência! É daquelas que vamos resistir à primeira (eu já experimentei umas calças destas e jurei que 'nem pensar') e à qual somos depois capazes de sucumbir, quanto mais não seja porque são mesmo confortáveis (e escondem tudo e mais alguma coisa).

 

Eu confesso que prefiro as mais curtas e largas, menos marcadas na cintura (como as verdes da imagem). Deixo-vos neste Post as minhas sugestões de Styling para esta nova peça-estrela, espero que vos inspire! :)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sapatos

Se as calças forem largas no tornozelo (e curtas) podem perfeitamente ser usadas com ténis; se forem muito estreitas diria que ficam melhor com sandálias ou botins de salto estreito e alto. 

 

Tops

Este modelo de calças é a estrela! Fica bem com t-shirts ou camisolas neutras que não sejam muito largas nem muito justas. Qualquer top deve ser usado por dentro das calças para mostrar bem o efeito Paper Bag. Hoje em dia já há camisolas desenhadas para serem usadas por dentro das calças - são mais justas na cintura e um pouco mais largas em cima - vejam esta aqui como exemplo.

 

Carteiras

Como o nó (ou cinto) na cintura alta destas calças é tão vistoso diria que uma carteira de mão discreta é o mais apropriado para este modelo. As carteiras a tiracolo vão criar muita confusão (muitos elementos visuais atravessados à frente do tronco) e as de ombro também são capazes de 'pesar'. O ideal é não ter mais nenhum item a chamar a atenção perto da linha da cintura.

 

Casacos

Gosto de ver casacos MUITO compridos com estas calças. Aqueles que ficam quase alinhados com a bainha das calças.

 

Acessórios

Esquecer os colares, apostar tudo nos brincos (que podem ser grandes)! Anéis e pulseiras também ficam bem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 calças verdes H&Mt-shirt  Zarasandálias Uterque

clutch Mansur Gavrielbrincos Melissa Joy Manning

 

 

 

 

trio paper bag

calças oversize H&Mcalças caqui Zaracalças verdes de seda H&M

 

 

 

 

 Instagram @stylista_mg

 

 

 

 

 

 

 

think pink

 

 

Esta Primavera o rosa é a cor estrela! Está em todas as lojas - como já devem ter visto - nas variações baby, hot, shocking, bubble gum e blush. Eu estou mais inclinada para a tonalidade suave e a minha inclinação é de tal forma que considero perfeitamente um tom sobre tom - como este da imagem.

 

Deixo-vos estas sugestões de shopping - tenho muitas mais! - para coordenarem a gosto, em conjunto ou com cores completamente diferentes.

 

 

 

 

sweatshirt H&Msaia Zara

mocassins H&Mboné H&M

anel COScarteira elefante Loewe

 

 

 

 

Instagram @stylista_mg

 

 

 

 

TREND: divination

 

 

 

 

 

Era mais ou menos disto que vos falava no Post anterior: uma estética cheia de mistica, astrologia, Tarot e astronomia! Muitos sóis, estrelas e amuletos. Uma tendência que 'piquei' há umas estações atrás - acho que foi em Valentino - e que está agora verdadeiramente consolidada em Dior, com o nome Divination. A tendência é também forte em joalharia, e está muito alinhada com a estética das mega designer-aristocrats-and-jet-setters Noor Fares e Eugenie Niarchos.

 

 

 

Adoro tudo!

 

 

 

lenços de seda Dior Spring 2017

pouch Tarot Diorbrincos compridos Percossi Papi

brincos curtos Percossi Papi (adoro esta marca)

 

 

 

 

 

 

Instagram @stylista_mg

 

 

 

 

 

magic

 

 

 

Quem viu o desfile de Dior Couture ontem?! Quem vibrou com, e acompanhou, o Dior Ball no Instagram?! Este momento gigantesco - grande investimento LVMH! - marcou a primeira colecção de couture desenhada por Maria Grazia Chiuri para a Dior, e fez-me lembrar 3 ou 4 tópicos sobre os quais ando há séculos a querer falar.

 

1. Adorava a dupla Churi e Piccioli em Valentino. Impressionante o trabalho que fizeram pela marca nos últimos anos; impressionantes as colecções - os detalhes, os motivos, a variedade nas silhuetas e a solidez nos conceitos, a riqueza nos materiais e nos acessórios, o desenvolvimento de peças altamente desejáveis (uma arte difícil nos dias de hoje em que as criações são cada vez mais... peculiares). Andei durante algum tempo a pensar 'tenho que falar sobre este trabalho inigualável'. Adiei, adiei, adiei e agora já não vale a pena falar sobre isso porque a dupla, ao fim de 26 anos de existência, deixou de existir. Pierpaolo Piccioli ficou em Valentino e Maria Grazia Chiuru, aos 52 anos, é agora a nova directora criativa de Dior.

 

2. Com o desfile Dior de Primavera (preparado em duas semanas!) - e agora com este de couture - percebi que apesar de ter adorado a dupla e de continuar fã do trabalho em Valentino, a minha veneração total vai para o trabalho desta senhora. (sobre isto posso falar mais à frente)

 

3. Tema nada a ver (mas a ver): ando doida com os anéis desta designer, porque ando outra vez (ao fim de uma série de anos) com saudades de cocktail rings. Quanto maiores, melhor! E portanto este era outro Post com sugestões que queria dar (a mim própria, pelo menos!).

 

4. Estou também para fazer há um tempo - e vou! isso vou! - um Post sobre esta onda de misticismo que a dupla trouxe para os desfiles (ainda em Valentino) e que agora está verdadeiramente reforçada com este mood de astrologia e astronomia em Dior, de magia...meia dark! Há muito tule, muitas estrelas e luas - ui, preparem-se para estrelas e luas esta estação - e o espírito é simultaneamente sonhador e rebelde. É uma estética cheia de segredos e desejos que apetece abraçar, e esperar que nos leve para um Baile de Máscaras igual a este.

 

Noutro tópico ao lado - mas incontornável e igualmente relevante - está o feminismo da designer, presente nesta colecção de Primavera e muito revisitado - com as t-shirts 'we should all be feminists' - durante as Women's March dos últimos dias.

 

 

 

 

 

A marca Dior - e Maria Grazia Chiuri - estão, como podem ver

carregadas de hype neste momento.

 

Estou entusiasmada com esta reviravolta da marca,

e cheia de vontade de acompanhar o que está para vir!

 

 

 

 

 

 

Instagram @stylista_mg