Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Stylista

trend forecast | spring'18

 

 

Bom dia!

 

Ontem não consegui passar por cá - porque está tudo 'de molho' nesta casa - mas hoje estou de volta, como combinado a semana passada, para vos falar das tendências desta Primavera. 

 

 

... e que tendências!!!

(wait for it)

 

 

Preciso que vocês me ajudem e me belisquem porque eu sou capaz de não estar a ver isto bem. Muitas silhuetas incríveis, muitas colecções de sonho, muitas roupas e acessórios que adoro e, definitivamente, uma forte vibração de nova estação que promete! Estão a caminho coisas muito giras, e - longe de mim resistir a sair do 'quadradinho' da Primavera - mas...

 

 

Vejo casacos de chuva (lindos), vejo veludo, vejo uma série de botas (no Inverno usam-se as sandálias e no Verão as botas, é isso?), vejo brilhos com fartura, muitos metais, cabedal com mood party-animal-glam-rock, plástico, boinas, muita ganga e muitos - mesmo muitos - casacos.

 

 

Não estou a falar de colecções resort - saltei directamente para a Primavera - e esta ainda é uma primeira abordagem muito superficial; lá para Março devo conseguir fazer uma previsão mais realista, mas (outra vez)...

 

 

 

 

Onde estão as flores?

(isto sim é groundbreaking)

Onde está o branco?

Onde está o linho? 

Onde estão os vestidos leves e as cores suaves?

 

 

 

 

Primavera, és mesmo tu?!!!

 

 

Estas minhas perguntas são completamente retóricas; já não é novidade que as estações - também na moda - estão do avesso, e claro que é refrescante - e previsível - variar de fórmula. Estou só surpreendida porque todas as marcas/designers parecem estar alinhadas nesta Primavera-que-mais-parece-Holiday.

 

Sei que nós - we, the people - vamos resistir de certa forma e continuar fiéis a muitos dos nossos staples de Verão, e que a influência de rua & redes vai dar outra luz ao que aqui se vê; de qualquer forma, caríssimos, isto é Primavera 2018.

 

 

Vamos lá!

 

 

Shine on.

Não guardem já a roupa do Natal e da passagem de ano que ainda pode vir a dar jeito. Adapta-la às noites de Verão?! Gosto da ideia :) A tendência é usar o multi-brilho em várias tonalidades (cobre, prata, antracite, dourado, bronze) com predominância de prateado.

 

 

 

Party Animal

Preto, muito cabedal e muitas aplicações, o mood é de festa da pesada - não há cá sunsets em vestidos esvoaçantes - em glam rock total. O preto parece ter mais força esta estação do que o branco, e os materiais são tudo menos leves.

 

 

Outter Space

Bom, já tínhamos tido a ganga da cabeça aos pés (e continuamos), o leopardo da cabeça aos pés, recentemente o encarnado da cabeça aos pés e agora - é isso - é um banho de ouro ou prata, também integral. Os metais estão sem duvida em tendência; quanto mais brilhantes, melhor!

 

 

 

 

 Plastic (not) Fantastic

Plástico?!!! A sério, plástico?!! Vá, não me caiam já em cima; eu sei que não sou a rainha da moral, mas plástico?! Numa altura em que não se fala noutra coisa a não ser na poluição dos oceanos, aquecimento global, lixo que se acumula e não se transforma. Plástico?!

 

Em Valentino, em Chanel e em Balmain o plástico está em grande. Mais tarde ou mais cedo, numa série de lojas perto de nós. Ambiente à parte, não gosto do efeito, do calor e do desconforto deste material. 

 

 

Abre parêntesis.

 

(por falar nisso, têm visto o documentário 2077 - 10 segundos para o futuro

na RTP 1?! É impressionante)

 

Fecha parêntesis.

 

 

 

The New Cowboy

Botas de cowboy, gangas e outros elementos de inspiração western voltam a entrar em cena pela mão de Raf Simons em Calvin Klein. Há uma vibração retro e há também uma série de apontamentos (e materiais) mais chic que tornam esta tão revisitada temática mais interessante.

 

 

Rain Check

Casacos não faltam nas colecções de Primavera e a maior parte deles, de chuva. Eu ADORO as parkas ao estilo Valentino (centro), cheias de bolsos, cores e camadas.

 

 

 

Mais coisas.

 

Há uma série de marcas/designers que serão tendência independentemente do que apresentarem (crocs com plataformas e aplicações anyone?!) como é o caso de Balenciaga, Dior, Calvin Klein, Céline (principalmente por ter sido a ultima estação de Phoebe Philo), Stella, Valentino, Isabel Marant (sempre), Chloé (menos), Dolce & Gabanna, etc. Estas marcas criam statements - e isso é diferente de tendência porque serão os únicos a desenvolver uma certa temática - mas ainda assim são material forte de inspiração que chegará seguramente às lojas mainstream. Outro indicador forte de tendência é o street style que, para esta estação, arranca já no final de Janeiro na New York Fashion Week e onde, durante um mês, os mulherões do costume nos vão mostrar 'como é que se faz'. 

 

 

 

Só quando misturarmos desfiles + street style + we the people (o que o nós queremos; visto na rua e nas redes sociais) é que vamos perceber o que se vai usar na Primavera e no Verão. Esta foi uma primeira abordagem superficial, ao longo dos próximos meses logo tiramos novamente a temperatura.

 

 

 

Em geral - e como vos disse no ínicio - isto é só um começo de conversa que ainda precisa de ser afinado e adaptado:

 

  • as saias continuam largas, leves, fluidas e pelo tornozelo
  • as calças continuam a direito ou flare, e acima do tornozelo
  • as cinturas continuam subidas
  • os casacos continuam XXL e a fazer grandes statements
  • botas largas e botins estilo cowboy são um must-have
  • os chapéus em alta são os panamás XXL (e ainda as boinas)
  • o tule continua a ser um material muito presente
  • os brilhos e os elementos decorativos estão em alta
  • os ténis 'gordos' dos anos 90 entram oficialmente em cena
  • os óculos de sol são cada vez mais estreitos e mais cat-eye (adoro)

 

 

 

 

O futuro é definitivamente brilhante

só não é previsível e isso pode ser bom :)

 

 

 

 

 

Pensamentos?!

 

 

 

 

 

17 comentários

Comentar post

Pág. 1/2